• Abner Oliveira

5 praias tranquilas e preservadas para visitar no Litoral Norte de São Paulo!

O verão começou nesta terça-feira (21) e, com ele, chega a vontade cada vez maior de cair na estrada rumo à praia. E o Litoral Norte de São Paulo, com sua extensa lista de praias para todos os perfis de turistas, é destino certo para esse período.


A região conta com diversas opções de areias isoladas, algumas acessíveis apenas por trilha, que preservam a rusticidade e a calmaria buscadas neste momento.


Pensando nisso, o Circuito Litoral Norte, que é composto pelas cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, preparou uma lista com 5 praias tranquilas na região. As faixas de areia selecionadas, além de proporcionarem um turismo de sol e mar seguro, oferecem a possibilidade de estar em contato com a natureza da Mata Atlântica, característica local.


Itaguaré, Bertioga


Crédito: Abner Oliveira


Com natureza intocada, a Praia do Itaguaré, localizada a cerca de 20 quilômetros do centro da cidade, oferece uma das paisagens mais bonitas da região. Integrando o Parque Estadual da Restinga de Bertioga, o local se oculta pela mata preservada, formando um cenário a ser descoberto.


A praia de três quilômetros se divide em duas por uma enorme falésia. Com mar de ondas fortes, indicado para surfistas, o lugar também oferece como atrativo o encontro do mar com o rio que dá nome à praia, onde é possível praticar canoagem ou stand up paddle.


Em uma curta trilha próxima da falésia, é possível encontrar bons restaurantes que oferecem ostras, peixes, crustáceos, frutos do mar e outras delícias típicas de praia.


Praia da Mococa, Caraguatatuba



A praia de Mococa é uma das melhores para a prática de mergulho livre, pesca esportiva e caiaque, que pode ser alugado no local. Além disso, é uma das saídas para a Ilha do Tamanduá.


Localizada aproximadamente a cerca de 14 quilômetros do centro de Caraguatatuba, a Praia da Mococa tem cerca de um quilômetro de extensão e fica entre as praias da Cocanha, ao sul, e Tabatinga, ao norte. Com mar calmo, é ideal para banhistas e a prática do caiaque, que pode ser alugado no local.


O local também é famoso por sua areia monazítica, que pode ser utilizada no tratamento de artrite, inflamações, dores reumáticas e tratamento das articulações.


Praia da Pacuíba, Ilhabela


Para alcançar a estreita faixa de areia de 127 metros desta praia é preciso percorrer cerca de 3 km de carro de estrada de terra, depois do fim do trecho pavimentado, e fazer uma trilha de 212 metros na mata, de aproximadamente cinco minutos.


Esta característica de isolamento torna a praia quase deserta em boa parte do ano, com um bom ponto de descanso na sombra e um pequeno córrego para se refrescar com a água gelada que escorre pelas pedras.


As águas claras são ótimas para mergulho livre e fáceis de achar diversas espécies de vida marinha. Dependendo da época do ano, é possível encontrar ondas (surfáveis em raros dias) e, quase sempre, boas condições para kitesurfe e windsurfe. Pouco frequentada, não tem estrutura de barracas, quiosques ou restaurantes.


Barra do Una, São Sebastião



Barra do Una está situada no bairro de mesmo nome, a menos de 60 quilômetros do centro de São Sebastião. A praia oferece trilhas pela mata atlântica, rio que deságua no mar e águas cristalinas.


Além disso, chama a atenção pela “península” de areia que forma no lado esquerdo da praia, onde passa o rio Una no encontro com o mar. No rio, caiçaras e turistas navegam de stand up paddle e caiaques, mas também muitos visitantes fazem passeios de barco nas redondezas.


Praia do Cedro, Ubatuba


Crédito: Eliria Buso


Praia deserta, com uma pequena faixa de areia branca e fofa, muitas rochas grandes por toda praia, moradores locais utilizam a baía do Cedro para cultivar mexilhões. Não oferece nenhuma estrutura de turismo, hospedagem e alimentação.


Cedro também é famosa pela aparição de baleias e tartarugas, além da rica vida marinha que pode ser observada mesmo em um mergulho com snorkel.


A praia fica em frente à Ilha do Mar Virado e pode ser acessada tanto da Praia da Fortaleza, em um percurso de 40 minutos, quanto da Lagoinha, em um trajeto de uma hora.

O Circuito Litoral Norte trabalha sempre com o conceito de turismo sustentável, respeitando as comunidades locais e a natureza. Por isso, sugere sempre que os passeios sejam feitos com acompanhamento de guias monitorados, credenciados e capacitados pelo CADASTUR.


“O turismo sustentável é prioridade do Circuito Litoral Norte, suas ações de infraestrutura, produto e promoção procuram, junto com municípios e Secretaria de Turismo do Estado, prestigiar as atividades que integram o bem-estar das comunidades locais e proteção dos recursos naturais, que são a essência do que temos de melhor. Esse é o melhor produto que temos a oferecer e por isso, não pode ser alterado e sim, desfrutado com respeito”, afirma o Secretário Executivo do Circuito Litoral Norte de São Paulo, Gustavo Monteiro.

Todos os direitos reservados ©2020 - 2022 por Abner Oliveira Oficial 

  • linkedin
  • instagram
  • facebook