• Abner Oliveira

Conheça o registro original do Museu do Café, que completa 40 anos como Patrimônio Histórico de SP!

Nesta quarta-feira (22.09), o Museu do Café tem muito o que celebrar. Completando 40 anos do tombamento realizado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT) - em 22 de setembro de 1981 -, a preservação do espaço está eternizada na história do País por meio do registro imobiliário da construção, arquivado no 1º Registro de Imóveis da cidade de Santos, no Estado de São Paulo.


Crédito: André Monteiro


Localizado na Rua XV de Novembro, em Santos, cidade litorânea de São Paulo, o Museu do Café reúne tradição, arquitetura, história e sabores culturais em um só lugar. A construção ocupa 1.665,57 m² do centro histórico da cidade e propicia aos visitantes o encontro com diferentes e raros grãos, obras de arte e mobília histórica.


Registrado no Livro 3-Q, sob o n°18.541, a Fazenda do Estado de São Paulo, adquiriu o imóvel da viúva Escolástica Melchert da Fonseca, por 730.000.000 (setecentos e trinta contos de réis). A propriedade foi transferida em 25 de março de 1920, um dia após a apresentação da escritura de compra e venda em desapropriação amigável por utilidade pública feita no 5º Tabelionato de Notas de Santos.


O pagamento do imóvel foi efetuado por quinhentos contos de réis à vista, e duzentos e trinta contos de réis a prazo de um ano a contar da data da escritura.


O espaço, que no século VXIII teve um papel fundamental no desenvolvimento do Brasil tornou-se ainda um dos pontos turísticos mais visitados do estado, com mais de 300 mil visitas anuais (número equivalente à 2019, um ano antes da pandemia).


Crédito: divulgação


O Museu do Café está sob responsabilidade da Fazenda do Estado de São Paulo desde 25 de março de 1920, e pode ser visitado de terça a domingo.

Posts recentes

Ver tudo

Todos os direitos reservados ©2020 - 2022 por Abner Oliveira Oficial 

  • linkedin
  • instagram
  • facebook