top of page
  • Foto do escritorAbner Oliveira

Encontro Musical de Indaiatuba reúne orquestras e instrumentistas

O 4º Encontro Musical de Indaiatuba (EMIn), que acontece de 18 a 22 de julho, reúne o melhor da música clássica, com apresentações da Sinfônica de Indaiatuba - organizadora do evento -, Sinfônica da Unicamp, Quarteto Carlos Gomes, Orquestra do Conservatório Carlos Gomes, e encerramento da Orquestra Acadêmica, Orquestra de Câmara, Orquestra Allegro e Orquestra Allegretto.


Mais que um festival, o EMIn se propõe a ser um verdadeiro encontro musical no qual alunos, professores e a comunidade local se reúnem para partilhar experiências, conhecimento e muita música. As apresentações têm entrada gratuita e acontecem a partir das 20h, na sala Acrísio de Camargo, no Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba (Ciaei), exceto dia 21, quando ocorrem na Igreja Nossa Senhora da Candelária.


Sinfônica de Indaiatuba abre EMIn no dia 18 - Crédito: divulgação

Para abrir oficialmente o EMIn, na terça-feira, 18, às 20h, a Orquestra Sinfônica de Indaiatuba apresentará Carmen, de Georges Bizet (1875); Dança Húngara nº 5; de Johannes Brahms (1869), O Danúbio Azul, de Johann Strauss II (1866), e o Concerto para Violoncelo, de Saint-Saëns, com a participação do violoncelista sérvio Viktor Uzur. No dia seguinte, 19, o público poderá conferir o Quarteto de Cordas Carlos Gomes, formado por Cláudio Cruz, Adonhiran Reis, Gabriel Marin e Alceu Reis. No repertório, Quarteto n°1 e 4 de Felix Mendelssohn (1829).


A Orquestra Sinfônica da Unicamp se apresenta na quinta-feira, 20, com regência da maestrina Cinthia Alireti e participação especial do violista da Orquestra Sinfônica da USP, Gabriel Marin. Algumas composições selecionadas para a ocasião são Romanze para Viola, de Max Bruch (1911) e Sinfonia N° 7, de Antonín Dvořák (1885). No dia 21, a programação recebe a Orquestra do Conservatório Carlos Gomes, de Campinas, que, sob regência do maestro Felipe Gadioli, executará o Concerto para Violino, de Tchaikovsky (1865) e em D Maior, de Carlos Gomes.


Para finalizar as atividades do EMIn, no sábado, 22, os alunos das oficinas promovidas ao longo da semana, integrarão as formações orquestrais da iniciativa: Orquestra Acadêmica, com regência de Paulo de Paula; Orquestra de Câmara, regida por Felipe Oliveira, Orquestra Allegro, sob direção de Alfredo Rezende e Jéssica Benedecte, e Orquestra Allegretto, sob direção de David França e Joseane Porfirio. As apresentações terão participação dos solistas convidados Ana Valéria Poles (contrabaixo) e Fábio Presgrave (violoncelo). Todos os concertos têm entrada gratuita e acontecem na Sala Acrísio de Camargo, no Ciaei.


Crédito: divulgação

Vale lembrar que o EMIn é realizado pela AMOJI (Associação Mantenedora da Orquestra Jovem de Indaiatuba), por meio da Orquestra Sinfônica de Indaiatuba, em conjunto com a Prefeitura Municipal de Indaiatuba, por meio da Secretaria de Cultura.

Comments


bottom of page