• Abner Oliveira

Esse Cara é o Roberto Carlos !!!

“Eu tenho tanto pra lhe falar, mas com palavras não sei dizer” a emoção de estar no show do maior e melhor cantor de todos os tempos, que onde vai arrasta multidões. Ele que tem mais de 140 milhões de discos vendidos e fãs espalhados por todo o mundo. Estamos falando do cantor Roberto Carlos.


O arrepio começa quando a banda inicia com um pout purri, orquestrada pelo maestro Eduardo Lages. Após um resumo das principais músicas do Roberto Carlos, ele entra no palco fazendo um agradecimento: “Que prazer rever vocês”, é aí que os fãs vão ao delírio. Daqui pra frente “a emoção não dá pra ser contida”. “Esse cara” é ele!!!

Músicas que abalaram 6 décadas e que declamam o verdadeiro amor, são cantadas no repertório que reuni grandes sucessos como “Detalhes”, “Emoções” e “É preciso saber viver”. Mas também não fica de fora os embalos da Jovem Guarda com os sucessos de “O Calhambeque” e “Como vai você”.


Entre as músicas há breves comentários sobre elas ou um agradecimento, brincadeiras também fazem parte, mas pro Roberto nada melhor do que uma bela canção.



Banda RC9


Tudo começou em 1964 com apenas três integrantes na banda, onde o próprio Roberto ficava na guitarra, Bruno era no contrabaixo e o Dedé Marquez era na bateria. Um tempo depois, Wanderley e Gato entra na banda, um no piano e outro na guitarra, respectivamente. Formando assim a RC 4 com Roberto Carlos apenas cantando. Aí por diante até chegar na magnífica RC9.


A última formação conta com 14 músicos. Estes são: Jurema de Cândia e Luiz Ismail (Vocal); Antônio Wanderley (Piano); Aristeu Reis e Paulinho Ferreira (Guitarra); Clécio Fortuna e Ubaldo Versolato (Sax); Dárcio Ract (Baixo); Dedé Marquez (Percussão); Norival D’ Angelo (Bateria); João Lenhari e Nahor Gomes (Trompete); Tutuca Borba (Teclado); e o comandante da operação, grande maestro Eduardo Lages.