• Abner Oliveira

Estufas Abertas: Conhecendo os bastidores da cidade das flores - Holambra!

Já imaginou conhecer uma estufa por dentro? Saber de perto como é o processo de crescimento de uma planta? Ou até mais, saber qual tecnologia usada para ter uma planta de boa qualidade? E ainda saber as formas de sustentabilidade usadas no processo? Tudo isso eu pude descobrir através do evento “Estufas Abertas” que ocorreu na cidade das flores, Holambra! E para me acompanhar nesta aventura, nada mais e nada menos que meu irmão, Ariel Oliveira que embarcou comigo nessa!


Inspirado no “Kom in de kas!” (“Entre na estufa!”), que acontece em diversas regiões da Holanda desde a década de 1970, seis produtores de Holambra abriram as suas fazendas para que os turistas e estudantes de agronomia conheçam os “bastidores” de suas modernas produções.


Em entrevista exclusiva ao site, Abner Oliveira Oficial, Margareth Pennings, a organizadora do evento comenta: “Nosso objetivo é mostrar a produção das plantas e as suas formas de sustentabilidade, tendo o diferencial do evento, os bastidores da plantação. Entrar em uma estufa é algo que só é possível neste momento, uma vez ao ano.” Ela ainda divulga que para o próximo ano, a expectativa é abrir mais estufas e aumentar o público, com previsão de sua 3º edição na primeira ou segunda semana de Abril.


Crédito: Abner Oliveira


Pude conhecer todo o processo de cultivo – do plantio à colheita – das modernas fazendas e as instalações da Faculdade de Agronegócios de Holambra (Faagroh) do Grupo Unieduk – a primeira voltada à floricultura no Brasil.


Foi um momento para passear entre os canteiros para observar, fotografar ou filmar bem de pertinho as flores e plantas em todas as fases de suas vidas, admirando as suas cores e formas e sentindo as suas texturas. De maneira didática, os produtores explicaram sobre o avanço tecnológico aplicado e as inovações que essas famílias utilizam atualmente na agricultura, além da valorização do capital humano (seus colaboradores) e a forma sustentável da produção para a preservação do meio ambiente e manutenção dos recursos naturais. Foram três rotas diferentes, sendo que cada uma delas passa por duas produções.


Crédito: Abner Oliveira


A minha primeira parada foi no Rancho Raízes, responsável pela produção de Crisântemos, símbolo de simplicidade e perfeição, com cerca de 52 variedades. Ao todo são 6 hectares de plantação e 85 milhões de litros de água da chuva armazenados. Muito me impressionou o crisântemo de cores diferentes, no mesmo vaso, como vermelho, amarelo, branco e laranja. Realmente é impressionante ver a imensidão de vasos e mais vasos.

Crédito: Abner Oliveira


Já neste mesmo roteiro, visitei a empresa Symphony, que tem os Antúrios mais lindos que já vi. A média semanal de produção de Antúrios é cerca de 15 mil unidades e existem 12 variedades da planta, fantástico, não é?


Crédito: Abner Oliveira


Após o almoço, fizemos mais uma rota. Desta vez iniciamos pela Giardino di Cosi que tem como principal produção as jiboias, planta suspensa. São 2,3 hectares de estufas, ou seja, 3 campos de futebol. A beleza deste lugar é fantástica pois vemos as Jiboias penduradas e fica um belo espaço para fotografias. E não posso deixar de falar que antes de ir embora, ainda fomos surpreendidos por um guacamole produzido com os próprios abacates da fazenda, por sinal, estava maravilhosoooooo.


Crédito: Abner Oliveira


E finalizamos nosso dia na Fazenda Joost, que me desculpem, mas é o local onde produzem a minha flor favorita. Estou falando da Kalanchoe, uma verdadeira perfeição, tanto no aspecto físico como visual. Ela chama atenção de todos. Conhecida por ser uma das plantas mais encontradas principalmente em supermercados, o Kalanchoe é na verdade uma suculenta, o que muitos não sabem. Agora deixarei vocês impressionados e com a boca aberta. São 80 mil Kalanchoes produzidos toda semana. Ual não é mesmo!


Pude conhecer o fundador da Joost, o Sr. Joost Van Oene, e sua filha, Simone Van Oene, no qual apresentaram todo o processo de produção e a tecnologia que trouxeram da Holanda. Já deixo meus agradecimentos pela atenção dada a mim. Senhor Joost, um extraordinário empresário e visionário!


Crédito: Abner Oliveira


O último roteiro foi nas empresas Sleutjes – que produz azáleas - e na Brumado – de plantas ornamentais. Infelizmente por causa do tempo não conseguimos visitar os dois locais.


Os 6 produtores fizeram uma doação das flores produzidas, para os escoteiros de Holambra venderem no evento, e toda a verba foi revertida para o grupo. Eles possuem como principal objetivo dirigir a juventude para o voluntariado.


Lançamento do Siltac


Na Faculdade de Agronegócios, Carol Avelino nos apresentou o lançamento do produto Siltac, da empresa AllGarden. Indicado para jardim, ele é um controlador de pragas, onde cria-se uma película que paralisa os movimentos e funções vitais dos insetos.


Livre de pesticidas e não deixa resíduos na sua planta, faz a eliminação de uma extensa variedade de insetos e pode ser aplicado em flores, folhagens, hortaliças e frutíferas.

Crédito: Loja Minhas Plantas


Se você não foi este ano, e ficou com gostinho de querer, ano que vem não perca a oportunidade! É algo único que todos devem viver!


Crédito: Abner Oliveira


*Abner Oliveira esteve presente para relatar sua experiência pessoal no evento, com convite*

Posts recentes

Ver tudo

Todos os direitos reservados ©2020 - 2022 por Abner Oliveira Oficial 

  • linkedin
  • instagram
  • facebook