• Abner Oliveira

Explore o Panamá, um destino turístico que mudou o horizonte e transformou o mapa mundial!

O Panamá é uma agradável surpresa turística onde os viajantes são sempre bem recebidos. O país é um destino ideal e de fácil acesso para os viajantes brasileiros, oferecendo uma infinidade de opções turísticas, incluindo belas paisagens, praias paradisíacas e uma diversidade de experiências para desfrutar e relaxar. O Panamá não é apenas o centro das Américas, é também o centro entre uma vida cosmopolita ativa e culturas ancestrais; da modernidade e tradição; lar de inúmeras espécies, selvas misteriosas e praias ensolaradas. Os viajantes podem desfrutar da rica história, cultura, beleza natural e locais remotos do Panamá ao máximo por meio das três heranças do destino:

Patrimônio Cultural: narra a história do Panamá como a Ponte do Mundo, conectando atrações de classe mundial como a Cidade Velha (Patrimônio Mundial da UNESCO); o mundialmente famoso Canal do Panamá; a primeira ferrovia interoceânica, entre outras. Além disso, os circuitos culturais mostram a diversidade multicultural do país, oferecendo experiências através das três principais culturas do Panamá: seus 7 grupos indígenas, sua herança afro-caribenha, incluindo a cultura do Congo (Patrimônio Imaterial da UNESCO) e sua colorida cultura colonial espanhola. A diversidade cultural também é vivenciada em sua gastronomia, com a UNESCO reconhecendo a Cidade do Panamá como uma cidade criativa em Gastronomia.

Patrimônio Verde: desde a formação do istmo do Panamá, há 3 milhões de anos, houve uma grande troca de espécies entre as Américas do Norte e do Sul, proporcionando ao país uma biodiversidade extraordinária. As rotas do Patrimônio Verde levam o visitante por Parques Nacionais, áreas protegidas e reservas privadas na floresta neotropical do Panamá (um terço do país está protegido), incluindo experiências através dos centros de visitantes do Instituto Smithsonian Tropical Research. Sendo uma delas o Monumento Natural Barro Colorado na bacia do Canal do Panamá, considerada a floresta tropical mais estudada do mundo.

Patrimônio Azul: As experiências oferecidas nos diversos ecossistemas das rotas do Patrimônio Azul incluem a observação de baleias nos arredores do Parque Nacional de Coiba (Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO) e a admiração dos projetos de conservação de tartarugas no Oceano Pacífico. Além da exploração das águas caribenhas azul turquesa de Bocas del Toro, reconhecidas como "Hope Spot" pela Mission Blue, a iniciativa liderada pela Dra. Sylvia Earle, Exploradora da National Geographic . De acordo com o Plano Diretor de Turismo Sustentável 2020-2025, o país abre novos caminhos para explorar sua riqueza natural e patrimônio cultural. A premissa é destacar o Panamá como destino turístico, tendo a sustentabilidade como um dos pilares aliado à autenticidade de seus diversos ativos e atrativos.


O plano está focado na reativação progressiva da indústria do turismo no país, após a pandemia. Mas, mesmo neste momento, o Panamá mostra-se uma ótima opção para os brasileiros que desejam viajar para o exterior e buscam mais contato com a natureza, experiências ao ar livre e praias para relaxar. Atualmente, um teste COVID-19 negativo é necessário para a entrada. Viajantes que chegam ou transitaram pela América do Sul nos últimos 15 dias deverão fazer, antes da alfândega, um teste adicional (US$ 85). Caso seja um visitante vacinado estará livre da quarentena, mas deverá apresentar o certificado digital de vacinação com as duas doses e validade de mais de 14 dias, além de um teste negativo contra COVID registrado no Iata Travel Pass. Se não tiver o registro no Iata Travel Pass, deve fazer o teste no aeroporto.


Crédito das imagens para: visitpanama.com