• Abner Oliveira

Fatos que você provavelmente desconhece sobre o Edifício Itália !!!

Um dos arranha-céus mais importantes da cidade de São Paulo, é também uma obra de arte em meio ao caos da megalópole mais conhecida do Brasil. O Edifício Circolo Italiano ganha o livro Edifício Itália com fotos e textos inéditos, publicado pela Editora KPMO Cultura e Arte.

A incrível ideia partiu da mudança do reconhecido escritório de arquitetura Pitá para o marco arquitetônico e, a partir da emoção de estar no gigante da arquitetura construído por Franz Heep, resolveram presentear os paulistanos com o resgate de todo o processo de consolidação urbana, aspectos da história social, legal e arquitetônica do Edifício Itália.


A publicação parte da presença da comunidade italiana em São Paulo, em um texto assinado por Keila Prado Costa (FFLCH-USP e KPMO), passando pelos meandros do concurso que elegeu o projeto como vencedor, com detalhes inéditos revelados pela pesquisa de Anat Falbel.


A Diretoria retoma o antigo projeto de 13 anos de demolir o prédio e em seu lugar levantar um moderno edifício. Os desenhos, as anotações e correspondências quase esquecidos nas gavetas e prateleiras são desarquivados e passam a ganhar importância. – Livro Edifício Itália


O edifício que fica em uma das esquinas mais conhecidas da cidade de São Paulo, a Avenida Ipiranga com a São Luís, não é só mais um prédio construído na conhecida selva de pedra. O projeto é inovador e foi apresentado no contexto de um concurso para nova sede do Circolo Italiano, numa região onde outras construções contemporâneas transformaram as relações na cidade, como Galeria Metrópole, Galeria Zarvos e, claro, a Galeria do Edifício Itália.


O Edifício Itália é um marco arquitetônico de São Paulo, são muitas as peculiaridades que envolvem esse tesouro urbanístico da cidade. Vamos conhecer algumas delas?

- O edifício foi construído por ser um dos projetos do concurso de arquitetura do Circolo Italiano. Não só o de Franz Heep que foi o vencedor, mas também do Warchavchik, Botkowsky, entre outros.

- Em novembro de 1968 a rainha Elizabeth II visitou o local e registrou a sua visita.

- O edifício é um marco em relação à volta da diplomacia entre o Brasil e os italianos que nele vivam.

- O Restaurante [Terraço] Itália foi fruto de um presente para a cidade, do imigrante Evaristo Comolatti, fundador do grupo Comolatti, pois ele havia ganhado muito dinheiro no Brasil.


A edição ilustrada proporcionará ao leitor uma viagem pela arquitetura paulista dos anos 60 e conta com orelha do Prof. Dr. Paulo Bruna (FAU-USP), tem prefácio assinado pelo Prof. Dr. José Eduardo de Assis Lefèvre (FAU-USP). As ricas narrativas ganham ainda mais significado por meio de mais de 190 fotografias, imagens, plantas de arquitetura e ilustrações, que revelam múltiplas belezas e gerações.