• Abner Oliveira

Lugares inusitados para conhecer na Ilha da Madeira!

Localizada em meio ao Oceano Atlântico, a mais de mil quilômetros do continente europeu, a Madeira surpreende por suas paisagens e oferta turística muito completa.


Para quem já está programando uma viagem por lá, a Madeira é repleta de atrações espetaculares e, entre elas, estão algumas bem diferentes e que despertam a curiosidade dos visitantes. Confira lugares inusitados e imperdíveis para conhecer durante sua visita à Ilha da Madeira.


Fajã dos Padres


A Fajã dos Padres é um verdadeiro paraíso, mas tem uma particularidade bem interessante: só pode ser acessado por teleférico ou de barco. Este pequeno destino bem escondido fica a apenas 15 km de Funchal e as vistas fabulosas já começam antes mesmo da chegada. Durante o trajeto de teleférico, com 300 metros de altura, é possível ver a enorme falésia até chegar ao destino. Já de barco, o percurso é feito em meio às águas azuis do mar da região.


Ao chegar, uma bela praia de cascalho com espreguiçadeiras e guarda-sóis recebem os turistas. Há também um pequeno cais com acesso direto ao mar de águas claras e quentes, ideal para um mergulho. Ao longo da praia pequenos estabelecimentos oferecem deliciosas refeições, feitas com vegetais cultivados no local.


O nome tem uma curiosidade: uma fajã nada mais é que uma pequena extensão de terra à beira-mar e junto de uma rocha. Por ter pertencido aos jesuítas por mais de 150 anos, ficou com os padres no nome.


Cabo Girão


O Cabo Girão é um conhecido ponto de observação na Madeira. É a falésia marítima mais alta da Europa, localizada a 580 metros de altitude, de onde se tem magníficas vistas panorâmicas de Funchal, Câmara de Lobos e o mar. A experiência no local é incrível e ficou ainda melhor com a plataforma suspensa de vidro transparente chamada “Skywalk”, que oferece uma visão vertical sobre as fajãs do Rancho e do Cabo Girão.


A vista é absolutamente incrível e ninguém resiste a uma pausa para contemplar as belezas e tirar fotografias. No ponto mais alto do Cabo Girão, há um mirante de onde parte o teleférico que faz o trajeto até o Sitio do Rancho, em uma viagem que oferece belas panorâmicas sobre os típicos socalcos madeirenses localizados à beira-mar.


Descida nos Carros de Cesto


Para os turistas que sobem ao Monte pelo teleférico, a partir do centro histórico de Funchal, uma das formas mais divertidas e emblemáticas de retornar à cidade é fazer a descida nos carros de cesto. O transporte, produzido artesanalmente em vime e madeira, é conduzido por dois carreiros vestidos de branco e com chapéu de palha na cabeça, que utilizam os próprios sapatos de solas grossas de borracha como freio. A viagem ‘ladeira abaixo’ e cheia de curvas dura cerca 10 minutos de pura adrenalina.


Antigamente, os carros eram usados para transportar os habitantes do Monte até a cidade de Funchal e já funcionam como atração turística a mais de 100 anos.


Jardim Monte Palace


Com uma variedade considerável de plantas e flores de diversos países, é um dos lugares mais exóticos e belos da ilha. Este jardim tropical possui cerca de 100 mil espécies vegetais, entre azaleias, urzes e árvores diversas, além de espécies típicas dos bosques da Laurissilva e outros exemplares da flora madeirense.


Há cascatas e lagos com carpas aos longos dos trajetos em pedras. O jardim tem 40 painéis de azulejos com desenhos que remetem a momentos importantes da história de Portugal e um museu com uma coleção de esculturas africanas, entre outras exposições.


Localizado no Monte, é acessível também por teleférico, que sai do centro histórico de Funchal. A entrada tem custo de € 12,50 e é gratuita para crianças e jovens de até 15 anos acompanhados de um adulto.


Fotos: André Carvalho