top of page
  • Foto do escritorAbner Oliveira

Museu Americano de História Natural Inaugura Novo Centro Richard Gilder em 2023!

O Museu Americano de História Natural anuncia os avanços das obras para o Richard Gilder Center for Science, Education, and Innovation, que está rapidamente tomando forma em aço, vidro e concreto projetado.


O Museu divulgou uma série de fotos de toda a riqueza artística que já transparece no local, destacando os espaços imponentes e extremamente iluminados que vão abrigar o público do Gilder Center, a partir de 17 de fevereiro de 2023.

Timothy Schenck/© Cortesia do Museu Americano de História Natural


Com seus mais de 20.000 m2 e espetacular arquitetura projetada pelo Studio Gang, o Gilder Center foi concebido para convidar as pessoas a explorar as fascinantes e abrangentes relações entre as espécies que compõem a vida na Terra, ao mesmo tempo destacando todas as ricas conexões entre os acervos, projetos de pesquisa, programas educacionais e galerias de exposição do Museu.


Fisicamente, o Gilder Center conecta diversos edifícios do Museu, criando um campus expandido que atravessa quatro quarteirões de Nova York, dando vida ao conceito planejado inicialmente para o projeto há mais de 150 anos. Intelectualmente, o Centro é um forte símbolo de uma das mensagens mais essenciais do Museu: toda forma de vida está conectada.


A fachada do Gilder Center voltada para Columbus Avenue será revestida com granito rosa Milford -- a mesma pedra usada para a entrada do Museu no Central Park West --, conectando as duas laterais do campus do Museu. As pedras são organizadas em painéis tridimensionais que juntos criam uma fachada ondulada. O padrão diagonal evoca tanto as camadas geológicas da Terra quanto a superfície ricamente texturizada e sinuosa da estrutura de alvenaria do Museu que dá para a 77th Street.

Timothy Schenck/© Cortesia do Museu Americano de História Natural


O edifício de alto desempenho tem um revestimento de pedra que, juntamente com o design das janelas e o uso da sombra das árvores, ajudará a manter o edifício naturalmente fresco no verão. A paisagem do parque é altamente eficiente em termos de consumo de água, com vegetação adaptativa e um sistema de irrigação que reutiliza as águas pluviais coletadas no prédio.

Comments


bottom of page