top of page
  • Foto do escritorAbner Oliveira

Orfeu celebra centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 com microlote exclusivo!

No ano em que a Semana de Arte Moderna de 1922 celebra seu centenário, diversas homenagens revivem esse marco na história cultural brasileira. Uma delas tem sido preparada para resgatar memórias por meio dos sentidos, estimulando o olfato e o paladar.


Trata-se da edição especial Microlote Semana de Arte Moderna, lançada por Orfeu Cafés Especiais. Uma edição comemorativa que homenageia a brasilidade e o espírito rompedor da Semana de 22 através de um café de acidez elevada com notas de frutas tropicais e embalagens inspiradas nas cores de obras de artistas modernistas.


“Aquele evento no Theatro Municipal de São Paulo, em fevereiro de 1922, foi importante para criar uma identidade para a arte brasileira, assim como o café fora para a economia do país, no século 19, representando nossa maior fonte de riqueza e principal produto de exportação. Cem anos depois, buscamos trazer as características da brasilidade celebrada durante a consagrada manifestação artística para o nosso café”, acrescenta Fabio Gianetti, Head de Marketing da Orfeu Cafés Especiais.


Microlote “Semana de Arte Moderna 1922-2022”


Crédito: divulgação


Uma produção vanguardista e extremamente limitada, de apenas 48 sacas, o microlote “Semana de Arte Moderna 1922-2022” de Orfeu traz acidez e dulçor bem pronunciados. Características que são resultado dos mais de 1.100 metros de altitude de sua lavoura e de um processo de torra média-clara, que valoriza o equilíbrio de sua intensidade, a sedosidade de seu corpo e persistência de seu aftertaste.


Um café produzido com grãos arábica especiais de Catucaí 24-137 plantados e colhidos à mão em uma encosta íngreme em um pequeno talhão de solo vulcânico da Fazenda Laranjal, em Poços de Caldas, no sul de Minas Gerais.


Numa mistura inédita, o abacaxi se funde à mexerica e a garapa é servida com limão. Os aromas são cremosos, a acidez é macia e o dulçor é sedoso. Um café sinestésico que exprime sabores e sentimentos por meio da beleza de uma bebida disponível em quatro formatos: em grãos, moído, em cápsulas compostáveis e nos sachezinhos portáteis de drip coffee. “Com aromas cítricos e tropicais, doçura e acidez elevadas, a edição limitada homenageia a brasilidade e o espírito vanguardista”, explica Gianetti.

Commentaires


bottom of page