top of page
  • Foto do escritorAbner Oliveira

Retorno da temporada de cruzeiros promete aquecer economia em capitais do Brasil!

Iniciada no final de novembro, a temporada de cruzeiros 2022/2023 promete movimentar a economia no país, com destaque para a capital do Amazonas. A cidade de Manaus projeta movimentar mais de R$ 35 milhões apenas com o fluxo de turistas das embarcações previstas para atracar no munícipio.

O primeiro cruzeiro da temporada esteve na cidade no último dia 28 de novembro, e contou com mais de 1,2 mil turistas, que vieram da Flórida, nos Estados Unidos, e permaneceram cerca de 24h na capital amazonense. A previsão é de que outros 16 navios estejam na cidade durante a temporada, sendo quatro deles até o fim deste ano.


A maioria dos turistas vem dos Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, e procura uma passagem pela cidade para conhecer as atrações naturais da Amazônia e também a arquitetura do Centro Histórico. De acordo com a gestão municipal, Manaus é a cidade brasileira que mais deve receber navios nesta temporada.

Para oferecer uma experiência completa aos visitantes, os órgãos municipais, em parcerias, realizam a recepção aos passageiros e tripulantes, oferecendo uma imersão cultural ao público que deseja conhecer mais sobre Manaus e seus atrativos.

Crédito: Divulgação / Semcom - Manaus


“A temporada movimenta direta e indiretamente toda a cadeia produtiva de receptivo do segmento. Para potencializar isso, estamos buscando oferecer um menu maior de atrativos e produtos turísticos aos visitantes. É um fluxo grande que, sem dúvidas, contribui muito com a economia local”, destacou o prefeito do município de Manaus, David Almeida.

Durante a recepção, são entregues mapas com pontos turísticos da cidade, e destacados os serviços do centro de atendimento bilíngue ao turista, localizado no porto da cidade.

Cenário nacional otimista

De acordo com a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA), a previsão é que a temporada de 2022/2023 seja a maior da última década, com impacto econômico de R$ 3,8 bilhões no país e geração de cerca de 48 mil empregos.

Nesta temporada, 36 embarcações farão 309 paradas em diversos destinos do país, como Itajaí (SC), Maceió (AL), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), além da cidade de Manaus, que será a mais visitada da temporada.

Comments


bottom of page