• Abner Oliveira

Seychelles: 250 anos de belezas históricas e culturais!

Situada no meio do Oceano Índico, Seychelles é admirada por sua beleza natural exuberante e praias paradisíacas. No entanto, o destino é também o lar de atrações históricas e culturais igualmente imperdíveis. Conheça a seguir um pouco mais sobre o Museu Nacional de História de Seychelles e a Galeria Kaz Zanana.

Museu Nacional de História de Seychelles


Crédito: STB


O Museu Nacional de História de Seychelles proporciona ao viajante um retorno aos 250 anos da rica herança creole das ilhas. Situado no coração de Victoria, capital do destino, na ilha de Mahé, e apenas alguns passos da famosa Torre do Relógio, o Museu Nacional de História possui diversas galerias que retratam o passado por meio de artefatos e imagens únicas.

O Museu Nacional atua como uma memória do passado, não apenas pelo seu conteúdo, mas também por seu estilo colonial que reflete a arquitetura tradicional de Seychelles. Na entrada do museu está a menor estátua já feita para homenagear a rainha Victoria e alguns passos dali o busto de Pierre Poivre, botânico responsável por introduzir a canela e outras especiarias na ilha. Em 2018, o museu foi totalmente renovado.

É possível voltar ao passado e entender como funcionava a cozinha seychellois. Os principais utensílios usados na preparação dos alimentos e que ajudaram a criar a mistura exótica de sabores de Seychelles estão expostos no museu. Um mural dedicado às tradições da pesca com as varas e um pequeno barco revelam, por sua vez, os costumes dos pescadores em se aventurar no mar de Seychelles para pegar peixes frescos no início das manhãs.

A medicina natural também faz parte da herança viva de Seychelles. As ervas expostas no museu eram usadas para tratar as mais diversas enfermidades em forma de infusão ou pasta. Muitas dessas plantas podem ser vistas in natura durante as trilhas na natureza. Já a arte, a música e a dança creole estão retratadas em instrumentos musicais como os tambores Moutia e as peças de artesanato feitas de rafia.

Kaz Zanana


Crédito: STB


Uma das atrações históricas de Victoria desde os anos de 1900 e um exemplo da arquitetura creole é a Galeria Kaz Zanana. Após recente renovação, o espaço localizado em Victoria, na ilha de Mahé, passou a receber as exóticas obras de arte do renomado artista local George Camille, incluindo pinturas, colagens e as esculturas coloridas de tartarugas gigantes. Algumas obras estão à venda.