top of page
  • Foto do escritorAbner Oliveira

Shopping na capital recebe Projeto Linha D’Água do navegador Amyr Klink

Chega ao Bourbon Shopping, na zona Oeste de São Paulo, nesta quinta-feira, 12, o Projeto Linha D'Água - Temporada 2023, que reúne fotos do acervo do navegador Amyr Klink, que destaca o uso racional da água em suas expedições.


Paulistano, nascido em 1955, Amyr ficou internacionalmente conhecido por suas viagens marítimas ao redor do mundo. Navegador experiente, iniciou as expedições em 1984, cumprindo a primeira travessia solitária do Atlântico Sul a remo.


Durante 10 dias - 12 a 21 de outubro - a exposição abordará a importância do processo de ensino-aprendizagem por meio das artes visuais, despertando criatividade e senso crítico dos visitantes. O navegador ministrará, no dia 22/10, às 14h, uma palestra intitulada Viagens oceânicas de Amyr Klink e suas lições sobre a água, acerca de seus 30 anos de história e mais de 40 viagens. Na ocasião também compartilhará estratégias de consumo de água utilizados em sua jornada, revelando que planejamento, precisão e consciência são fundamentais.


Exposição reúne acervo de fotos das expedições de Amyr Klink - Crédito: Carina Carvalho

Além de dividir suas experiências, segundo o navegador, esse projeto tem como missão reforçar a mensagem de que, com atitudes simples, é possível utilizar a água de forma mais inteligente, econômica e sustentável.


HISTÓRIA


Filho de imigrantes, o pai era libanês e a mãe sueca. Formado em Economia e Administração, aos 10 anos Amyr Klink comprou sua primeira canoa. Em 1984 terminou a construção de seu primeiro barco e realizou a primeira travessia solitária entre Brasil e África, por um período de 100 dias.


Dois anos mais tarde (1986) fez a primeira de 15 viagens à Antártica e logo após seu retorno iniciou a construção do barco que o levou, em 1989, a uma viagem de 642 dias, que incluiu mais de sete meses em uma invernagem antártica, na qual navegou por 27 mil milhas. Ficou internacionalmente conhecido por estas jornadas marítimas e já compartilhou suas experiências em mais de 2.500 palestras realizadas em todo mundo.


PUBLICAÇÕES


Palestra com o navegador integra programação da mostra - Crédito: Carina Carvalho

O velejador também registrou algumas de suas aventuras em cinco livros, entre eles Cem dias entre céu e mar (1995); Paratii: entre dois pólos (1992) – que relata a expedição de quase dois anos entre a Antártica e o Ártico; e Mar sem fim (2000) sobre a primeira volta ao mundo realizada nas águas da Convergência Antártica.


INGRESSOS


O acesso a exposição e a palestra são gratuitos, porém, para assistir a palestra é necessário cadastro prévio através deste link a partir de 12 de outubro. As vagas são limitadas à capacidade do teatro.

Comentários


bottom of page