• Abner Oliveira

Southwest Airlines encomenda 100 Boeing 737 MAX!

A Boeing e a Southwest Airlines anunciaram hoje que a transportadora continuará a desenvolver seus negócios em torno da família 737 MAX com um novo pedido de 100 aviões e 155 opções em dois modelos. O negócio vem após uma avaliação de frota de vários anos pela Southwest e significa que a Boeing e seus fornecedores poderiam construir mais de 600 novos jatos 737 MAX para a companhia aérea até 2031.


A Southwest estava explorando opções para modernizar o maior componente de sua frota: o 737-700 que atende às necessidades da companhia aérea de um avião de 140-150 assentos. Com o novo acordo, a companhia aérea reafirmou o 737-7 como seu avião de reposição e crescimento preferencial. O jato irá complementar o 737-8, que atende às necessidades da Southwest de um modelo de 175 lugares.


Os dois membros da família 737 MAX reduzirão o uso de combustível e as emissões de carbono em pelo menos 14% em comparação com os aviões que substituem, ajudando a melhorar os custos operacionais e o desempenho ambiental. A Southwest disse que a solução permite manter a eficiência operacional de uma frota totalmente Boeing 737 para suportar sua rede de rotas ponto a ponto de baixo custo.


“A Southwest Airlines opera a série Boeing 737 há quase 50 anos e a aeronave fez contribuições significativas para nosso sucesso incomparável. O compromisso de hoje com o 737 MAX solidifica nossa contínua apreciação pela aeronave e confirma nossos planos de oferecer a série Boeing 737 de aeronaves aos nossos funcionários e clientes nos próximos anos ”, disse Gary Kelly, presidente e CEO da Southwest.


O novo contrato de compra eleva a carteira de pedidos da Southwest para 200 737-7s e 180 737-8s, mais de 30 dos quais já foram entregues. A Southwest também terá 270 opções para qualquer um dos dois modelos, assumindo o compromisso de compra direta da operadora com mais de 600 aviões. A companhia aérea também planeja jatos 737 MAX adicionais por meio de locadores terceirizados.