top of page
  • Foto do escritorAbner Oliveira

“Spetacular! Sustainable!”: Embratur assume Brasil com S em campanha nos EUA

A Embratur iniciou a veiculação de uma campanha publicitária digital com enfoque no mercado dos Estados Unidos, segundo maior emissor de turistas para o Brasil, atrás apenas da Argentina. Uma das novidades da campanha é que, mesmo em língua inglesa, em que o nome de nosso país é grafado com a letra Z, a Embratur optou por escrever o Brasil com S.


As peças da campanha fazem um jogo de palavras que representam o Brasil e, em inglês, iniciam com a letra S. O slogan central é “It’s Spectacular. It’s Brasil”, mas, a cada peça, há uma nova palavra iniciada em S para falar do Brasil, como Sustainable (sustentável), Sunny (ensolarado), Scrumptious (esplêndido) e Sambalicious (trocadilho que une Samba e Delicious – neologismo usual nos EUA para qualificar coisas que são positivas, emocionantes, inspiradoras). A campanha também compara as curvas do S com a sinuosidade dos nossos rios e da paisagem de nossos cartões postais.


“A Marca Brasil já traz a leveza da curva como uma marca de nosso país. O Brasil com S que agora se afirma para o mundo com o país da sustentabilidade, que tem responsabilidade climática e faz do turismo uma das principais ferramentas de transição para uma economia verde. É também o Brasil que valoriza a diversidade de sua cultura e de seu povo, e apresenta isso como seu principal atrativo. Esse é o Brasil que o mundo quer visitar, esse é o Brasil que está em nossa campanha”, disse o presidente da Embratur, Marcelo Freixo.


As peças da campanha fazem um jogo de palavras que representam o Brasil e, em inglês, iniciam com a letra S. O slogan central é "It's Spectacular. It's Brasil" (Imagem: Divulgação/Embratur)

Como parte da política ESG da Embratur, todo carbono emitido na produção e veiculação da campanha será compensado com a aquisição de créditos de carbono. Com responsabilidade ambiental, a campanha também evitou utilizar material impresso, sendo totalmente veiculada em mídias digitais e painéis de LED.


O que tem na campanha

O carro-chefe da campanha da Embratur nos Estados Unidos é um filme de 30 segundos. Nele, aparecem as experiências turísticas encontradas no Brasil em diferentes cenários: praia, natureza e cidades. Outros quatro vídeos de 15 segundos retratam os principais segmentos turísticos ligados ao Brasil: cultura; gastronomia; sol e praia, e ecoturismo.


A campanha mostra 10 destinos turísticos do Brasil: Rio de Janeiro, Manaus, Salvador, Foz do Iguaçu, Fernando de Noronha, Belém, Chapada dos Veadeiros, Natal e Pipa, Pantanal e Fortaleza e Jericoacoara. A escolha foi feita após levantamento de dados e cruzamento de informações, como, por exemplo, os segmentos que mais atraem turistas dos EUA, os destinos já tradicionalmente procurados pelo público-alvo e com malha aérea disponível, considerando o menor tempo de deslocamento.


“Todo o conteúdo da campanha permeia por esses destinos. Cinco aparecem no filme principal e os outros cinco estão nos vídeos secundários, que serão veiculados em canais e veículos específicos”, explicou a coordenadora de marketing da Embratur, Veridiana Pinto.



O S na Times Square

Nesta segunda-feira (24), a campanha estreou em um dos principais painéis de LED na Times Square, uma das regiões mais famosas de Nova York. O vídeo de 15 segundos será exibido até o dia 6 de agosto. A divulgação da campanha da Embratur será feita em regiões estratégicas dos Estados Unidos, que possuem maior potencial de futuros viajantes para o Brasil. Os vídeos e cards serão exibidos nas redes sociais, como anúncio em portais de notícias, em companhias aéreas e em agências de viagens online.


Por que os Estados Unidos?

Além de ser o segundo maior emissor de turistas para o Brasil, os Estados Unidos é uma das grandes forças do turismo mundial. Os estadunidenses são os turistas que mais gastam no mundo com o turismo per capita – em 2022, o gasto médio foi de US$ 3.581 por pessoa. É também um público que costuma viajar por um período considerado alto: a duração média de cada viagem é de 17 dias.


Segundo relatório de 2019 do Ministério do Turismo, os principais segmentos procurados por eles são: sol e praia; natureza, ecoturismo ou aventura; e cultura. É tudo que o Brasil tem. Por isso, a campanha se volta para os estadunidenses, para que esses viajantes possam olhar para o Brasil e se sentir atraídos pelos nossos destinos turísticos.


Nos primeiros cinco meses de 2023, 271,1 mil turistas dos Estados Unidos desembarcaram no Brasil. Estima-se que, nesse ano, cerca de 113 milhões irão viajar para o exterior, segundo estimativas da GlobalData.

Comments


bottom of page